Chuvas em AL: INMET emite alerta de perigo potencial para todos os 102 municípios
28/12/2021 07:40 em MACEIÓ ALAGOAS

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou, nesta segunda-feira (27), um aviso de chuva e vento intenso para todos os municípios alagoanos. O alerta na cor amarela significa perigo potencial. O aviso vale até as 10h desta terça-feira (28).De acordo com o Inmet, a possibilidade é de chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, além de ventos intensos com velocidade entre 40 e 60 km/h. Contudo, o instituto aponta baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.Os números do Instituto apontam ainda que a cidade de Palmeira dos Índios, no Agreste alagoano, registrou o quarto maior volume de chuvas do Brasil nesse domingo (26), com 76 milímetros. Piranhas, no Sertão alagoano, registrou o 11° do País, com 54,6 milímetos.

O Inmet orienta que, em caso de rajadas de vento, as pessoas não se abriguem debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas. Também não é aconselhável estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, além de evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

A chuva que caiu em municípios do Interior de Alagoas durante o último final de semana deixou rastro de estrago e trouxe preocupações para os moradores. Em Canapi, no Sertão, a prefeitura informou que uma residência foi invadida pelas águas da barragem da cidade. Diante da situação, os moradores já estão sendo realocados. A cidade está em alerta desde a noite desse domingo (26), após a ocorrência de fortes chuvas em regiões do interior do estado.Em Santana do Ipanema, a Defesa Civil municipal informou que o nível da água do Rio Ipanema subiu nas últimas horas. Em postagem nas redes sociais, um integrante da Defesa Civil de Santana do Ipanema explica que, caso haja alteração importante no nível do rio, a população será informada. “Houve aumento do nível do Ipanema, mas estamos monitorando a situação das cidades em Pernambuco que deságuam no Rio Ipanema”, disse.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE