Em boa fase e colados na tabela, CRB e CSA fazem clássico decisivo nesta quarta (1º), pela Série B
01/06/2022 08:55 em ESPORTES

É dia de clássico em Alagoas! Nesta quarta-feira (1º), às 21h30, CRB e CSA entram em campo, no Estádio Rei Pelé, para realizar o quinto Clássico das Multidões de 2022. Não bastasse a rivalidade, o confronto válido pela 10ª rodada da Série B é de extrema importância para os dois clubes. Bem próximos na tabela de classificação, o vencedor se afasta do Z4, enquanto o que não triunfar, corre o risco de entrar na zona da degola.

E, assim como consta no retrospecto geral, o embate entre ambos é bastante equilibrado. Nos quatro primeiros jogos deste ano, foram um empate, uma vitória regatiana e dois triunfos azulinos, contando Campeonato Alagoano e Copa do Nordeste.Panorama

O CRB vive uma fase completamente diferente na Segundona. Depois de um início tenebroso e de muita desconfiança, o Galo engatou duas vitórias seguidas e, praticamente, mudou o seu patamar na disputa. Com 10 pontos em nove jogos, o Regatas, atualmente, ocupa a 13ª colocação. Uma vitória no clássico pode fazer o Alvirrubro terminar esta quarta (1º), em quinto, no melhor dos cenários.

O CSA também não está tão mal assim. Depois de tanto empatar, a vitória contra o bom time do Novorizontino tirou a equipe do Z4 e aliviou o clima dos bastidores. No momento, o Azulão é o atual 11º colocado da Série B, com 11 pontos, apenas um a mais que o maior rival. Agora, Mozart tenta, pela primeira vez, alcançar duas vitórias seguidas nesta Segundona e encostar no G4.Já Guilherme Romão é alguém mais complicado de substituir. Titular incontestável, sua atuação contra os pernambucanos rendeu muitos elogios da torcida e imprensa. O lateral esquerdo só tem um reserva imediatado: Bryan. Aos 20 anos, o jovem ainda é uma incógnita no Regatas, mas terá sua chance de ouro logo mais.

Entre o time titular, as peças principais devem ser mantidas. Ainda existe a dúvida sobre a condição física do meia Maicon. Com os treinos fechados e a escalação a sete chaves, a condição do atleta é dúvida, entretanto, é quase impossível que aguente jogar os 90 minutos.No mais, os principais jogadores estarão disponíveis. Anselmo Ramon, artilheiro da temporada, vive uma fase especial, com gols em seus últimos três jogos. Com isso, o CRB deve jogar com: Diogo Silva; Gum, Wellington Carvalho e Iago Mendonça; Raul Prata, Claudinei (Uillian Correia), Yago (Maicon), Bryan e Richard; Fabinho e Anselmo Ramon.

CSA

Respirando um pouco mais tranquilo, o CSA entra em campo para afastar de vez a desconfiança do seu torcedor. O começo na Série B não era agradável para nenhum azulino, mas a vitória sobre o Novorizontino abriu as portas para uma evolução. Criticado no início da competição, o ataque, enfim, funcionou, marcando dois gols em uma partida pela primeira vez, na Segundona.

Contente com o desempenho, aos poucos Mozart parece encontrar o seu dream team, pelo menos com as peças que tem disponíveis. Para o clássico, já tem desfalques muito importantes. O meia Gabriel não estará em campo, por conta de suspensão. Dependendo da ideia, Giva Santos pode entrar, para reforçar a defesa, ou Yann Rolim, para dar mais criatividade no meio.

 

Suspenso pelo terceiro amarelo, Gabriel é mais uma estrela fora do clássico - Foto: Ailton Cruz

Na zaga, Werley ainda não tem o seu retorno garantido. Com um problema físico persistente, o jogador é dúvida. Contra os paulistas, o professor azulino apostou em três zagueiros e a ideia funcionou, com Lucão, Wellington e Douglas. Sem Werley, a ideia deve seguir.

O ataque, por sua vez, deve ser formado por um trio mais veloz. Ou seja, Rodrigo Rodrigues deve seguir entre os titulares. Um retorno especial deve ser o do atacante Osvaldo, que já treinou com bola e deve ser relacionado.

Após gol contra o Novorizontino, Rodrigo Rodrigues deve seguir ganhando oportunidades - Foto: Ailton Cruz

Os treinos do time marujo foram fechados, então, Mozart escondeu bem a equipe titular para o Clássico das Multidões. Mesmo com tanto mistério, o CSA deve entrar em campo com: Marcelo Carné; Lucão, Wellington e Douglas (Werley); Lucas Marques, Geovane (Ernandes), Giva Santos (Yann Rolim) e Lourenço; Marco Túlio, Lucas Barcelos (Osvaldo) e Rodrigo Rodrigues.

Arbitragem

Para um jogo tão grande assim, o árbitro também será de alto nível. Do quadro da FIFA, Wagner do Nascimento Magalhães comandará o apito. Thiago Rosa de Oliveira (CBF/RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (CBF/RJ) serão os assistentes. José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (CBF/RJ) será o quarto árbitro.

Árbitro carioca Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA) apita CRB x CSA - Foto: Divulgação

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE