Pai é reconhecido como um dos quatro estupradores da sua própria filha
02/03/2016 19:04 em POLICIA
Imagem meramente ilustrativa

Imagem meramente ilustrativa

Uma cicatriz que vai da mão até o pulso foi determinante para a jovem de 16 anos de idade reconhecer o próprio pai como um dos quatro homens que a sequestraram e depois a estupraram, no início desta semana, entre as cidades de Arapiraca e Limoeiro de Anadia.

No relato feito à polícia, a adolescente revelou que ela fora abordada por quatro homens em um veículo de cor preta, no momento em que descia de um ônibus na cidade de Limoeiro de Anadia.

"Quando eu desci do ônibus, um carro preto se aproximou de mim e um homem me puxou e me colocou dentro do carro, enquanto outro colocou um capuz na minha cabeça e não vi mais nada", disse a jovem.

A garota relatou ainda que o veículo saiu da cidade e pegou uma estrada vicinal até uma casa. Em seguida, os homens a colocaram no interior de uma residência onde aconteceu a sessão de estupro.

Ela contou que o homem também usava um capuz na cabeça e não fala nada, ficava o tempo todo em silêncio. Ao observar uma cicatriz que passava pela mão até o pulso do homem era idêntica a uma marca que seu pai tem.

A jovem disse, ainda, que tentou empurrar o agressor, gritando "painho e o homem teria ficado paralisado e não respondeu nada.

Com base no depoimento da garota, o delegado regional de Arapiraca, Gustavo Xavier, vai convocar o pai da adolescente para prestar esclarecimento da Central de Polícia.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE