https://public-rf-upload.minhawebradio.net/2073/slider/e37dcaa553e067162afd3fe9fc4835aa.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/2073/slider/098ca6fa5e2213bdae26193a94c2ec92.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/2073/slider/d7f9f73440da853bcf838335f705c5a9.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/2073/slider/98a241b9a2130fcfcc8ff6ed722fadde.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/2073/slider/029e2cd5d9b1a72d9cad2b0d2f7b2b43.png
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/2073/slider/c7b3bae78ab2ed31ae6c32c56e888656.png
Após denúncia anônima, BPA flagra homem traficando animais silvestres
06/03/2016 12:03 em POLICIA

Foto: Ascom/PMAL

Espécies  seriam comercializados em feiras livres da capital alagoana

Espécies seriam comercializados em feiras livres da capital alagoana

 

Na tarde do último sábado, 05, o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) efetuou a prisão de um homem, de 76 anos, após ele ter sido flagrado transportando ilegalmente animais para fins de comércio. Mais de 80 aves silvestres foram resgatadas.
 
A guarnição do BPA recebeu uma denúncia anônima informando que havia uma pessoa transportando aves da cidade de Santana do Ipanema para Maceió. Os policiais militares passaram a monitorar o veículo que foi abordado nas imediações do bairro do Clima Bom, e após uma revista no interior do transporte complementar foram encontradas 87 aves silvestres de varias espécies diferentes, todas naturais do sertão.
 
José Francisco, identificado como o proprietário das espécies, confessou que as espécies  seriam comercializados em feiras livres na capital alagoana, sendo então detido.
 
Ele foi encaminhado para a Central de Flagrante e autuado por transportar, ter em cativeiro animais silvestres, com o agravante de morte e maus tratos, já que os animais estavam sendo transportados em espaço e forma inadequada, ocasionando óbito de alguns animais, previsto no Art. 29 e 32 da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98).
 
Já as aves estão na sede do BPA, e após uma triagem serão levadas para o centro de tratamento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), onde permanecerão até que tenham condições de voltar para a natureza.
 
Denúncia
 
Qualquer situação de maus tratos, comércio ilegal, cativeiro, pesca irregular, entre outras que envolvam animais, o cidadão deve ligar para os números do BPA: 3315-4325 e 98833-5879 ou se preferir para o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública, através do “181”.
COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE