MP apura denúncia de supostos funcionários fantasmas na Santa Mônica
16/03/2016 11:31 em Ciência e Saúde

Foto: Olival Santos / Ascom - Sesau/AL

Maternidade Santa Mônica

Maternidade Santa Mônica

O Ministério Público do Estado de Alagoas, por meio da Promotoria de Justiça Coletiva da Fazenda Pública Estadual, instaurou um procedimento administrativo para apurar denúncia de irregularidades na Maternidade Escola Santa Mônica. O procedimento administrativo do Ministério Público Estadual foi publicado no Diário Oficial do Estado de Alagoas nesta quarta-feira (16).

Segundo a representação, haveria “funcionárias fantasmas” na instituição e de que existiriam cargos temporários, os quais deveriam ser ocupados por servidores efetivos. Para dar início a apuração do fato, a promotora de Justiça Norma Sueli Medeiros considerou o interesse público substanciado pelo regime jurídico a que está submetida a maternidade.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE