Eleitos no pleito deste ano são diplomados pelo TRE/AL em solenidade no TJ
17/12/2018 19:58 em POLÍTICA

Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) diplomou, no final da tarde desta segunda-feira (17), os candidatos eleitos no no pleito deste ano. Em solenidade realizada no plenário do Tribunal de Justiça (TJ), foram diplomados os 27 deputados estaduais, nove federais, dois senadores e quatro suplentes ao Senado, o governador e vice eleitos (confira aqui a lista completa de eleitos).

A diplomação é o último ato da Justiça Eleitoral no pleito deste ano e atesta quem são, efetivamente, os eleitos e os suplentes com a entrega ou a disponibilização do diploma devidamente assinado. "Isso habilita os candidatos eleitos a assumirem e exercerem os respectivos mandatos eletivos", afirma o TRE/AL, em material enviado à imprensa pela assessoria de comunicação da Corte.

 

Pelo resultado das urnas, a Assembleia Legislativa de Alagoas terá 44% de renovação na próxima legislatura. Isso porque, do total de 27 deputados estaduais, 15 conseguiram se reeleger no pleito deste domingo. Portanto, 12 "novos" nomes terão direito a assento na Casa de Tavares Bastos a partir de 1º de janeiro de 2019.

A candidata mais votada foi a deputada Jó Pereira (MDB), que obteve quase 55 mil votos, cerca de 10 mil a mais que Ricardo Nezinho (MDB) e Olavo Calheiros, segundo e terceiro colocados, respectivamente, e que também integram a coligação "Avança Mais Alagoas II".

 

Jó Perreira fez a leitura durante a solenidade no Tribunal de Justiça 

FOTO: AILTON CRUZ

 

 

Câmara Federal 

Para a Câmara Federal, a bancada de Alagoas teve uma renovação de 44%, com quatro novatos a partir de fevereiro de 2019. São eles: Sérgio Toledo (PR), Isnaldo Bulhões (MDB), Severino Pessôa (PRB) e Tereza Nelma (PSDB).  No entanto, os novos deputados já tinham mandato na Assembleia Legislativa Estadual (ALE) e na Câmara de Vereadores de Maceió.

Reeleitos

Entre os deputados que conseguiram a reeleição estão João Henrique Caldas (PSB), o JHC, que foi reeleito o deputado federal mais votado de Alagoas. Também foram reeleitos Arthur Lira (PP), Marx Beltrão (PSD), Nivaldo Albuquerque (PTB) e Paulão (PT).

SENADO FEDERAL 

A partir do próximo ano, Alagoas contará com um novo representante no Senado: Rodrigo Cunha (PSDB), eleito com 894.850 mil votos, o maior número entre todos os concorrentes na disputa. A segunda vaga de Alagoas ficou com o senador Renan Calheiros (MDB), reeleito pela quarta vez, com mais de 621.263 mil votos. 

GOVERNADOR E VICE 

O governador Renan Filho e o vice Luciano Barbosa, ambos do MDB, foram reeleitos no pleito deste ano com 791.816 votos.  No universo de mais de 2,1 milhões de eleitores em Alagoas, quase 900 mil demonstrou rejeição ou indiferença ao pleito. Este é o total de quem votou em branco, anulou o voto (pelo menos para governador) ou se absteve (ou seja, sequer teve interesse em comparecer às urnas. Os eleitos foram diplomados nesta segunda-feira foram diplomas nessa segunda. 

No último sábado, terminou o prazo para que os tribunais eleitorais julgassem as prestações de contas dos candidatos eleitos nas Eleições 2018, devendo ser observado o prazo de três dias antes da diplomação, conforme previsto no artigo 30, parágrafo 1º, da Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições). De acordo com o Calendário Eleitoral, a diplomação dos eleitos deve ocorrer até o dia 19 de dezembro, a próxima quarta-feira.

 

Eleitos em outubro deste ano foram diplomados em solenidade no TJ

FOTO: AILTON CRUZ / GAZETA DE AL

 

 

Para que o candidato eleito seja diplomado pela Justiça Eleitoral é necessário que suas contas estejam julgadas, como também exige a legislação eleitoral.

O presidente da República eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e seu vice, Hamilton Mourão, foram diplomados em sessão solene realizada no Plenário do TSE no último dia 10. Para que isso ocorresse, o TSE julgou a prestação de contas de campanha de Bolsonaro em 5 de dezembro, dez dias antes do fim do prazo legal. Na ocasião, os ministros da Corte aprovaram com ressalvas as contas do candidato eleito, que abrangem as do candidato a vice, Hamilton Mourão.

 

 
6 / 11
 
COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE