Alagoanos pagam mais de R$ 13 bilhões em impostos em 2019, aponta associação
04/01/2020 20:51 em Economia e Negócios

Os contribuintes alagoanos pagaram R$ 13,23 bilhões em impostos em 2019, incluindo tributos federais, estaduais e municipais, segundo o Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O volume representa um aumento de 10% em relação aos R$ 12,03 bilhões em taxas pagas no ano anterior. Somente os contribuintes da capital alagoana desembolsaram R$ 575,6 milhões em impostos no ano passado.

Segundo a ACSP, o total de tributos pagos pelos contribuintes alagoanos representa 0,46% da arrecadação nacional, que atingiu R$ 2, 5 trilhões. No ano anterior, o valor pago pelos brasileiros em tributos somou R$ 2,3 trilhões ? nível recorde para uma economia com baixo crescimento e indefinições. 

 

Para o economista da ACSP, Marcel Solimeo, essa marca expressiva representa uma carga tributária elevada para o País - se comparada com a renda do brasileiro. "Acredito que a carga de tributária, nos próximos anos, deve permanecer alta. Possivelmente, o único fator que pode colaborar com a diminuição dos tributos é o controle nos gastos. Caso não haja esse esforço, o Brasil continuará tendo impostos elevados e nada disso retorna à população", ressalta Solimeo. "O esforço que as autoridades vêm fazendo com o teto dos gastos ainda é lento- isso se considerarmos a urgência da redução", completa.

O economista relembra que há cinco anos, o Impostômetro fechou em R$ 1,9 tri e, o único caminho para melhorar essa diferença de R$ 600 bilhões, passa por uma melhor gestão das contas públicas. "O Brasil possui uma das cargas tributárias mais altas do mundo, equivalente ou até superior à carga de nações desenvolvidas. É uma tributação de primeiro mundo que deveria retornar à população por meio de serviços essenciais e políticas públicas de qualidade", diz.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE