Luciano Barbosa cancela reunião com professores e vai a encontro eleitoral
11/02/2020 14:47 em POLÍTICA

 

Ao cancelar, de última hora, uma reunião com professores da rede estadual - encontro que deveria tratar de uma série de reivindicações da categoria e da melhoria da Educação - o vice-governador e secretário Luciano Barbosa (MDB) acabou gerando mais insatisfação entre os servidores. O encontro estava marcado para acontecer na última sexta-feira (7).  

Luciano Barbosa deixou de se reunir com os professores e os integrantes do sindicato para participar de uma reunião eleitoral. Uma nota de repúdio foi publicada no portal do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), nessa segunda-feira (10). A entidade "puxa a orelha" do secretário ao apontar a necessidade de se discutir as melhorias para a Educação pública do Estado. 

 

"O Sinteal repudia veementemente a atitude de descaso, desrespeito e descompromisso do excelentíssimo senhor secretário de Estado da Educação (e também vice-governador de Alagoas) Luciano Barbosa de cancelar, em cima da hora, uma prática recorrente nas últimas tentativas de reunião entre o sindicato e o secretário, quando seriam examinados e debatidos os pontos da pauta de reivindicações com nossa entidade e representantes da categoria de secretários escolares", diz trecho da nota. 

O Sinteal afirma que o atual cenário da Educação registra processo desastroso de matrículas, devido à falta de autonomia nas secretarias escolares, e critica a imposição de um processo de terceirização. A entidade alerta, ainda, para o aumento da evasão escolar nas unidades da rede pública de ensino. 

"Exigimos, por fim, que a Seduc - com a urgência necessária - informe ao Sinteal a nova data e hora da reunião, para que possamos tratar desses graves problemas, além da também urgente melhoria da Rede Estadual de Ensino de Alagoas e da valorização de todos os seus profissionais", finaliza a nota.

"A reunião não aconteceu simplesmente porque o vice-governador apresentou uma agenda no interior e disse que não poderia nos receber. Isso já é praxe. Eu cobrei por uma data, mas, até agora, não tive retorno", explica Maria Consuelo Correia, presidente do Sinteal. 

Após a denúncia do Sinteal, a assessoria da Seduc entrou em contato com Maria Consuelo Correia e informou que Luciano deverá buscar espaço na agenda para a reunião com os professores.

AGENDA POLÍTICA 

Ao longo dos últimos dias, o vice-governador tem se envolvido em polêmicas, a exemplo do uso de uma aeronave da Secretaria de Segurança Pública (SSP) - que é utilizada para combater o crime no Agreste e Sertão -, para ir a uma cavalgada no interior de Pernambuco. 

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o então governador em exercício descendo do helicóptero para participar da agenda. Em dezembro, parentes deles foram presos na Operação Florence Dama da Lâmpada, realizada em dezembro pela Polícia Federal (PF) para desbaratar um esquema criminoso que atuava no Hospital Geral do Estado (HGE) e na Secretaria de Saúde (Sesau). 

 

 

 

Luciano Barbosa utiliza helicóptero da SSP para ir à cavalgada em PE

.
COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE