Em live, Felipe Melo declara amor ao Palmeiras e provoca rival
15/05/2020 12:06 em BRASIL

A transmissão com Felipe Melo promovida pelo Palmeiras e pela Crefisa nesta quinta-feira fez o atleta falar sobre o futuro, o sentimento construído dentro do clube e até uma brincadeira com o Corinthians.

Em quase uma hora de bate-papo, Felipe Melo respondeu perguntas de internautas e falou sobre o sonho de conquistar a Libertadores. Mas também provocou rivais.

 

- Olha que eu estou vendo que tem gambá na live, hein? Pode pedir empréstimo que a gente empresta para pagar a luz, está tranquilo - brincou o zagueiro, em uma referência ao fato de a sede social do Corinthians ter a energia cortada por falta de pagamento.

O Palmeiras está na vice-liderança da sua chave no Campeonato Paulista, mas com classificação adiantada para o mata-mata, e soma 100% de aproveitamento em seu grupo na Libertadores.

O zagueiro, que foi campeão brasileiro de 2018 pelo Verdão, sonha com mais conquistas. Principalmente a do torneio sul-americano.

- É claro que a Libertadores é uma obsessão. Hoje, como capitão da equipe, se torna mais do que uma obsessão. É um sonho de fazer com o que o nosso amado Palmeiras volte a levantar o troféu almejado por todos. Mas o próximo título é sempre vai ser mais almejado e mais importante, e o próximo que temos é o Paulistão - afirmou o jogador.

- Quero ter no meu currículo o título paulista, o regional mais difícil do país. Os jogadores das equipes consideradas menores vão todos para grandes clubes, de primeira e segunda divisão. Com certeza, é muito importante ganhar esse Paulista - acrescentou.

Antes de acertar com o Palmeiras, em janeiro de 2017, Felipe Melo vinha de uma carreira consolidada na Europa, com passagens por Fiorentina, Inter de Milão, Juventus e Galatasaray.

Apaixonado pelo Verdão, o zagueiro revelou também manter um carinho especial pelo clube turco.

- Eu tenho dois clubes que são que gostaria de me aposentar. O Galatasaray, que é um clube que está no meu coração, fiz história. Tenho um carinho muito grande. E tem o Palmeiras. Há pouco tempo, falei que amo o Palmeiras. Seria muito cômodo beijar o símbolo quando cheguei, mas beijo hoje porque amo o Palmeiras. Abriu uma porta importante para eu voltar ao cenário do futebol brasileiro, me deu um título importante e esteve comigo nos momentos mais difíceis da minha carreira, quando estive com um pé fora do clube, e isso me fez amar o clube.

 

- É muito difícil voltar para o Galatasaray, não tenho vontade de voltar a jogar na Europa. Fui homenageado lá no ano passado e recebi um carinho incrível, que é recíproco. Quem sabe, apenas um jogo lá. Mas não penso em sair do Palmeiras. Comprei casa em São Paulo e não paguei pouco na casa. Não penso em sair, não - completou.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE