Deputado denuncia colapso no sistema de saúde de Coruripe devido ao coronavírus
16/05/2020 20:44 em Ciência e Saúde

deputado estadual Marcelo Beltrão Siqueira (MDB) denunciou neste sábado (16), em suas redes sociais, que as unidades de saúde de Coruripe - município a 84 km da capital alagoana - estão sem leitos para receber novos pacientes devido à pandemia do novo coronavírus. 

Em um vídeo que circula em aplicativo de mensagens, o parlamentar denuncia que o Hospital Carvalho Beltrão e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município estão de portas fechadas devido à superlotação. 

 

A unidade hospitalar, que leva o nome do ex-deputado Francisco Carvalho Beltrão - o Chicão -, primo do pai de Marcelo Beltrão, tem capacidade para 302 leitos - sendo dez deles de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, dez UTIs infantis e nove UTIs neonatal. 

Parte dos leitos foi inaugurada em julho de 2017, com a presença de políticos do município, entre eles o então ministro do Turismo Marx Beltrão (MDB), o proprietário do Hospital, Francisco Beltrão, e o próprio denunciante.

Marcelo Beltrão informou que está encaminhando ofício para a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) para que sejam tomadas providências sobre o estrangulamento no sistema de saúde do município. A denúncia acontece no dia em que o município comemora 128 de emancipação política. "Esse não era o presente que eu queria dar para o município", lamentou.

O deputado estadual também denuncia que agente públicos de saúde estariam pedindo para a população do município que necessitam de atendimento se encaminhar para unidades de saúde de cidades como Arapiraca, Maceió e São Miguel dos Campos. 

Além disso, Marcelo Beltrão ironiza o pedido de oração feito pelo secretário de Saúde do município, Everaldo Vieira Neto, em suas redes sociais. "Entendemos que pelo momento em que estamos passando, o melhor remédio é oração", diz o parlamentar, no vídeo. "Mas não podemos ter gestores inertes para não achar uma solução [para o problema de superlotação] neste momento.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que até esta sexta-feira (16), a capacidade dos leitos de UTI estavam com 69% de sua capacidade ocupada. A reportagem tentou falar com o secretário municipal de Saúde de Coruripe, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem. Também tentou falar com a direção do Hospital Carvalho Beltrão, mas até o momento, não houve retorno.

 
COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE